sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Novidades Caminho: "Zoologia Bizarra - Ferreira Gullar"

Zoologia Bizarra - Ferreira Gullar

Chega às livrarias na segunda semana de fevereiro, numa edição Caminho, o livro Zoologia Bizarra, de Ferreira Gullar – escritor que venceu o Prémio Camões 2010 e que, em 2011, ganhou, com este livro, o prémio literário da Academia Brasileira das Letras na categoria de literatura infanto-juvenil.


Sobre o livro:
Bichos criados pelo acaso.
Bichos que existem. Bichos que não existem.
Um lama bailarino, um pássaro tenista,um cachorro-lagartixa, um dragão bonzinho fazem parte desta zoologia bizarra, criada por Ferreira Gullar a partir de recortes e colagens, em um exercício de pura criatividade, liberdade, humor e, como não poderia deixar de ser, poesia.
Pequenas histórias e finas observações dão a estes bichos curiosos vida própria.
Mergulhar no encantamento desta zoologia é dividir descobertas, surpreender-se, dar asas à imaginação.
Cada um descobrirá um bicho à sua maneira. E passará a fazer parte desta divertida aventura de arte e invenção.

Sobre o autor:
Ferreira Gullar é um «bicho de muitas cabeças». Poeta, crítico de arte, tradutor e ensaísta, nasceu em 10 de setembro de 1930, em São Luís do Maranhão (Brasil), e foi batizado José de Ribamar Ferreira. Publicou o seu primeiro livro de poesia, Um pouco acima do chão, aos 19 anos. Dois anos depois, mudou-se para o Rio de Janeiro, cidade em que ainda hoje mora. Colaborou em jornais e revistas e foi um dos criadores do movimento Neoconcreto, lançado no fim da década de 1950. Nos anos 1960, dedicou-se também à dramaturgia. Entre 1971 e 1977, durante a ditadura militar, viveu no exílio. Nessa temporada fora do país, escreveu o Poema sujo, considerado um dos pontos mais altos da literatura brasileira. Também publicou outros títulos importantes de poesia, como A luta corporal, Dentro da noite veloz, Barulhos e Muitas vozes. Entre seus ensaios mais conhecidos estão Vanguarda e subdesenvolvimento e Argumentação contra a morte da arte. Recebeu em 2010 o Prémio Camões pelo conjunto da sua obra e, em 2011, foi-lhe atribuído o prémio literário da Academia Brasileira das Letras na categoria de literatura infanto-juvenil pelo livro Zoologia Bizarra.
Em casa, no bairro de Copacabana, está sempre acompanhado de novos bichos, criados com papel, tesoura, cola e colorida imaginação.

Veja o vídeo que acompanha o processo de criação do livro Zoologia Bizarra


ISBN - 978-972-21-2547-5
29cm x 21cm
88 páginas
PVP C/ IVA 14,90€

Sem comentários:

Enviar um comentário