sábado, 25 de junho de 2011

Novidades Esfera dos Livros Junho 2011

Por ti, resistirei - Júlio Magalhães

Sinopse:
Carlos e Nicole conheceram-se nas ruas de Paris. As tropas alemãs avançavam em passo forte e determinado, mas todos acreditavam que a capital francesa estava a salvo da loucura de Adolf Hitler. Enganavam-se. Em poucas semanas, as tropas nazis estavam às portas de Paris e milhares de refugiados procuravam salvação. Nicole encontrou-a em Bordéus pelas mãos do embaixador Aristides de Sousa Mendes que lhe entregou um visto para chegar até Portugal, onde finalmente cairia nos braços do seu amado. Longe da guerra e do perigo, longe do estigma de ser judia, seria finalmente feliz. Mas há preconceitos que são difíceis de quebrar e mais uma vez os dois amantes são obrigados a seguir caminhos diferentes. Carlos fica em Lisboa, entre os negócios do pai e a doença da mãe. Nicole parte para Londres, uma cidade sob a ameaça de ser bombardeada pela aviação alemã. Participa no esforço de guerra da melhor forma que sabe, vestindo a farda de enfermeira. Na esperança de conseguir esquecer Carlos. Contudo no meio dos escombros da Segunda Guerra Mundial há um amor capaz de resistir a tudo.

Sobre o autor:
Júlio Magalhães jornalista e pivot da TVI. Autor de três bestsellers com mais de 100 mil exemplares vendidos. Nasceu no Porto a 7 de Fevereiro de 1963 e foi para Angola com 7 meses. Em 1975 regressou a Portugal e à cidade do Porto. Aos 19 anos, iniciou a sua carreira como colaborador de O Comércio do Porto na área do desporto. Trabalhou no jornal Europeu, no semanário O Liberal, na Rádio Nova. Em 1990, estreou-se na RTP onde foi jornalista e repórter. Foi director de Informação da TVI.

Colecção: Romance
P.V.P: 18,00 €
EAN: 9789896263256
Páginas: 264
Formato: 16 X 23,5 / Brochado



Preciso de ti - Luísa Jeremias

Sinopse:
Não há nada mais difícil do que revelar um segredo. Violeta Guerra sabia-o, por isso tinha-o guardado a sete chaves, com medo de ser julgada, de, ao dizê-lo, torná-lo real. Contudo estava longe de imaginar que, ao abrir as portas do seu coração às suas duas melhores amigas, a sua vida iria sofrer uma tamanha transformação. Mas a vida é realmente uma caixa de surpresas. Depois de perder o emprego e de se libertar de uma relação amorosa sem futuro, Violeta, aos 33 anos, está pronta para enfrentar a vida tal como ela é, com as suas alegrias, tristezas, perdas, obstáculos e vitórias. Para isso, conta com a ajuda de Rita, a eterna solteirona, que faz da vida uma festa e não pretende ficar refém do amor, e de Inês, casada, mãe de duas filhas, que não se deixa levar nem pela morte nem pela doença que abala a sua família. Amigas sempre presentes, para dar a mão ou puxar por ela quando precisamos de coragem. Juntas estão dispostas a tudo para serem felizes e encontrarem o amor.

Sobre a autora:
Luísa Jeremias nasceu em Lisboa, formou-se em Comunicação Social, na Universidade Nova de Lisboa, e tornou-se jornalista. Começou a trabalhar, em 1992, no Diário de Notícias, passando depois por A Capital e 24horas. Em 2003 estreou-se nas revistas, como directora da TV 7 Dias e, mais tarde, Nova Gente e Focus. É directora das revistas TV Guia e Flash!. Pelo caminho, fez incursões em guião e documentário para as antigas produtoras NBP e Multicena e é co-autora do livro Noites de Lisboa.

Colecção: Romance
P.V.P: 18,00 €
EAN: 9789896263270
Páginas: 336
Formato: 16 X 23,5 / Brochado




O melhor da vida começa aos 40 - Margarida Vieitez

Sinopse:
A chegada aos 40 anos representa para homens e mulheres um período de grandes mudanças e de muitas dúvidas. Há quem se pergunte: o que ando a fazer com a minha vida? Quem viva o fim de um ciclo, e opte pelo divórcio, quem encontre num terceiro elemento como escape para as suas carências ou frustrações, quem desista de lutar pela sua relação e se recolha no silêncio da sua solidão. Margarida Vieitez, mediadora familiar, garante que o melhor da vida pode começar aos 40. Uma idade em que ainda é possível encontrar e viver um grande amor. Nunca é tarde para ser feliz. É preciso compreender o que vai nas cabeças dos homens e das mulheres e desmistificar algumas ideias. Será que os homens só querem sexo ou também precisam de atenção e afecto? Que relação querem viver as mulheres desta idade? Porque é que a comunicação se torna tão difícil?

Sobre a autora:
Margarida Vieitez, fundadora do Espaço Família, é mediadora familiar e dedica-se há mais de quinze anos ao estudo dos conflitos conjugais e do divórcio. Licenciada em Direito, dedicou-se ao Direito da Família e pós-graduou-se em Mediação Familiar pela Faculdade de Medicina da Universidade de Sevilha, ministrando formação em Mediação Familiar no ISPA, e dando conferências e seminários. Foi nomeada em 2008 para o Prémio Mulher Activa e colabora com a comunicação social.

Colecção: Psicologia
P.V.P: 18,00 €
Cod. Interno: 17008
EAN: 9789896263249
Páginas: 262
Formato: 15 X 23 / Brochado




As senhoras primeiro - Ian Kerner

Sinopse:
Como qualquer mulher pode confirmar, quando se trata de perceber a sexualidade feminina, a maioria dos homens está, a leste do paraíso, isto é, do clítoris. Raros são os homens que têm a coragem para perguntar: «O que devo fazer?». Ironia do destino, a resposta está na ponta da sua língua. Ao longo destas páginas, as senhoras vêm sempre primeiro. O Dr. Ian Kerner, sexólogo clínico, desvenda o grande mistério do orgasmo feminino. Senhoras, e claro, senhores: a língua é mais poderosa do que a espada. O sexo oral é a melhor forma de levar uma mulher em todo o processo do acto sexual. Divertido, informativo e de fácil leitura, este livro é uma enciclopédia para o prazer feminino. Com uma série de técnicas, métodos simples, instruções passo-a-passo e ilustrações claras que asseguram o sucesso da relação sexual, com prazer mútuo. Uma nova filosofia sexual, que pode revolucionar a vida sexual de muitos casais.

Sobre o autor:
Ian Kerner é doutorado em Sexologia Clínica pela Academia Americana de Sexólogos Clínicos, onde actualmente lecciona. Tem a distinção Phi Beta Kappa da Brandeis University. Nasceu e vive em Nova Iorque, com a mulher e o filho.
Colecção: Saúde e Sexualidade
P.V.P: 22 €
Cod. Interno: 17008
EAN: 9789896263218
Páginas: 296
Formato: 15 X 23 / Brochado



De Ourique a Aljubarrota - Miguel Gomes Martins

Sinopse:
A 24 de Julho de 1139, a hoste de Afonso Henriques é interceptada pelas forças almorávidas quando cruzava o Campo de Ourique em direcção a Coimbra. No dia seguinte, sob o quente sol de Verão, os dois exércitos são dispostos em formação de batalha. A superioridade muçulmana parecia fazer adivinhar vitória certa, mas o exército cristão, comandado pelo próprio príncipe, dispunha de um importante trunfo táctico: a cavalaria pesada. É com a Batalha de Ourique que o historiador Miguel Gomes Martins começa a traçar o retrato de 15 dos mais emblemáticos teatros de operações da História Militar Medieval portuguesa. Apoiados em mapas e esquemas, mas também em imagens da época, revisitamos campanhas, batalhas, observamos os territórios onde se deram estes confrontos, as estratégias e escolhidas pelos comandantes, conhecemos os problemas com que se debatiam os exércitos, da falta de mantimentos e de água, às epidemias que matavam homens, analisamos a evolução do armamento defensivo e ofensivo ao longo de 250 anos, terminando esta viagem com a Batalha de Aljubarrota, que a 14 de Agosto de 1385 deu a vitória ao exército de D. João I, comandado pelo Condestável do reino, D. Nuno Álvares Pereira, perante a hoste franco-castelhana de D. Juan I.

Sobre o autor:
Miguel Gomes Martins nasceu em Lisboa. Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, é mestre e doutor em História da Idade Média pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Autor de vários livros de História Militar Medieval; Lisboa e a Guerra (1367-1411); A Vitória do Quarto Cavaleiro – O Cerco de Lisboa de 1384; A Alcaidaria e os Alcaides de Lisboa (1147-1433); e, As Cicatrizes da Guerra no Espaço Fronteiriço Português (1350-1450), em co-autoria com João Gouveia Monteiro. É Técnico Superior do Arquivo Municipal de Lisboa e investigador integrado do Instituto de Estudos Medievais e colaborador do Centro de Estudos de História da Sociedade e da Cultura.

Colecção: História
P.V.P: 25 €
EAN: 9789896263232
Páginas: 440 + 16 extratextos
Formato: 16 X 23,5 / Brochado



Viagens contadas - Maria João Ruela

Sinopse:
Maria João Ruela viaja sempre com um caderno de notas na mochila. É aí que vai anotando tudo o que os olhos registam, lugares que encontra perdidos no mapa e que lhe marcam a alma, paisagens que a deixam sem fôlego, as pessoas com que se cruza, as palavras trocadas. Cada uma das suas viagens, feitas sem guia, ao sabor da vontade e da curiosidade, tem personagens próprias, cheiros e sabores, sentimentos e emoções. Convidamo-lo a viajar ao longo destas páginas para conhecer Juana, que em Punta Arenas, aluga quartos e serve cafés a viajantes perdidos. Armad, o pastor que apareceu no meio dos Pirenéus, como um autêntico salvador, quando se abatia um autêntico dilúvio de proporções bíblicas. Ou, Porter, um rapaz de pele escura, aspirante a guia que, no Nepal, se tornou carregador e companheiro de esforço.

Sobre a autora:
Maria João Ruela tem 41 anos e é jornalista e pivot da SIC. Licenciada em Comunicação Social iniciou a carreira na área da publicidade, como copy. Trabalhou como freelancer para jornais e revistas. Em 1992 integrou a equipa fundadora da SIC. Fez parte dos programas «Praça Pública», «Casos de Polícia» e integrou a editoria de sociedade. Pivot de informação desde 1998, Coordenadora de informação desde 2005, assumiu as funções de Editora-Executiva desde 2007. Sempre viajou, em férias ou em trabalho. Fez reportagens em acontecimentos internacionais e em 2003 foi ferida em trabalho no Iraque, quando acompanhava a missão da GNR no país.

Colecção: Fora de Colecção
P.V.P: 18,50 €
EAN: 9789896263225
Páginas: 240 + 8 extratextos
Formato: 16 X 23,5 / Brochado

Sem comentários:

Enviar um comentário