domingo, 29 de maio de 2011

Passatempo Não basta mudar as moscas...

O prazer que temos em poder ter esta obra para partilhar convosco é enorme. Jaime Ramos é um homem de causas, de justiça, de trabalho e apoio ao próximo. A Fundação ADFP em Miranda do Corvo, é uma obra de referência que merece  a vossa vista. É garantido que o visitante sai de lá com a ideia de que me Portugal também se fazem coisas boas.

Não basta mudar as moscas é a primeira incursão de Jaime Ramos pela literatura. Uma obra que está a ter bastante aceitação, encontrando-se já na segunda edição.

Com o apoio da Chiado Editora, temos 3 exemplares para oferecer aos vencedores deste passatempo. Para ganhar basta que respondam acertadamente ao questionário abaixo, até ao final do dia 5 de Junho de 2011 e esperar ser o feliz contemplado.

As participações estão limitadas a uma por pessoa e, dadas questões relacionadas com o envio do prémio, só aceitamos participações de residentes em Portugal.



Sinopse:
Não é um livro pessimista sobre Portugal nem mais um retrato masoquista dos portugueses. É um diagnóstico das fragilidades nacionais onde se valorizam as potencialidades do nosso País. Dentro de 25 anos podemos  ser um dos povos mais pobresda UE. Se fizermos as escolhas correctas nada impede que sejamos um dos mais prósperos, em riqueza, e o melhor quanto a bem-estar. Podemos continuar a carregar o fado da tristeza colectiva, amargurados pela corrupção e pela mediocridade das elites, angustiados pelos resultados estatísticos comparados com outros países... Temos a obrigação de mudar o rumo e a política. Na nossa democracia não basta a alternância entre o pessoal dos principais partidos. Urge mudar a Política. Temos de discutir o regime, esgotado e restaurar a democracia, com partidos revitalizados, não aprisionados por aparelhos oportunistas. A saída da crise não se faz com pensamento único, promotor do totalitarismo democrático. Contra o nacional porreirismo do politicamente correcto, de rebanhos dóceis, impõe-se o debate político e ideológico. Sem melhores salários, mais emprego e maiores rendimentos não se melhora a qualidade de vida. A justiça social exige maior igualdade na distribuição da riqueza. O combate à estratificação social exige uma educação selectiva que promova as qualidades individuais. O objectivo da Política é a felicidade das pessoas.
 
Autor: Jaime Ramos
Colecção: Passos Perdidos
Páginas: 458
Data de publicação: Abril de 2011
Género: Político
Preço: 19,00 €
ISBN: 978-989-6970-86-4
Boa sorte a todos!

2 comentários:

  1. Participado e publicado no website http://www.tugapassatempos.com/

    ResponderEliminar
  2. Paulo,

    Obrigado pela participação e pela ajuda!

    ResponderEliminar